OS DESMATADORES DA FLORESTA AMAZÔNICA NÃO FAZEM QUARENTENA.
Lute contra o desmatamento e queimadas.
Embaixadora SOS Amazônia
Iman de Lacerda Charafeddine
Uma estudante da UFPR, futura programadora, apaixonada por animais. Acredito que cada um pode e deve fazer diferença. Unidos, somos mais fortes
Como transformar a realidade
Juntos vamos arrecadar fundos para agir contra o desmatamento e queimadas na Amazônia. Temos de ser incansáveis nesse cuidado com a Floresta, cada um fazendo a sua parte. Doe agora e ajude nossas ações de enfrentamento ao desmatamento e queimadas na Amazônia.
Quatro equipes trabalhando no combate, monitoramento e conscientização da atividade de fogo nas Bacias do rio Juruá e rio Acre e realizando o Treinamento de novas brigadas.
Kits de combate a queimadas para suplementar o trabalho dos brigadistas e caixas de transporte de animais silvestres afetados pela atividade de fogo.
Campanhas de conscientização contra o desmatamento e queimadas ilegais e cuidados e procedimentos de resgate de fauna afetada pela atividade de fogo e desmatamento na Amazônia.
Em tempos de pandemia, o problema fica ainda mais delicado, podendo ocasionar um possível colapso do Sistema Único de Saúde, pois pode aumentar o número de pessoas com problemas respiratórios necessitando dos serviços de saúde.
Ação em campo
Equipamentos
Comunicação e mobilização
Juntos, ajudamos a proteger a Floresta Amazônica
Juntos! Em 2019, o projeto Brigadas Amazônia trabalhou no combate, monitoramento e conscientização da atividade fogo em 354 áreas na Bacia do Juruá, incluindo a Reserva Extrativista Alto Juruá, a Reserva Extrativista do Alto Juruá, a Reserva Extrativista Riozinho da Liberdade, a Floresta Estadual do Mogno e a Floresta Estadual do Rio Gregório abrangendo os rios Juruá, Envira e Tarauacá.

Esse ano vamos ampliar o trabalho do Brigadas Amazônia com ações na Bacia do Rio Acre, região mais desmatada, historicamente, do Estado do Acre, que abrange a Reserva Extrativista Chico Mendes.
Proteger e restaurar a vida sobre a Terra é a chave para nossa sobrevivência
O que vivemos em 2019 continua intenso e desafiador. A Floresta Amazônia sofre ameaças graves quanto a perda de biodiversidade. O seu papel decisivo na integridade do sistema terrestre fornece um grande sinal de alerta para reforçarmos ainda mais nossa atuação para alcançar desmatamento zero.

A sexta extinção em massa de espécies é uma realidade exigindo a resposta sustentável do Brasil, de forma a garantir o desmatamento zero, ou pelo menos, restituir o limite de até 3.900 km2 em consonância com a responsabilidade assumida de redução de emissões globais resultantes da perda de cobertura vegetal por desmatamento.

Proteger e restaurar a vida sobre a Terra é a chave para nossa sobrevivência - a essência do 15° Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU trabalha para proteger, restaurar e promover o uso sustentável de ecossistemas terrestres, manejar florestas de forma sustentável, combate à desertificação, e parar e reverter a degradação da terra e a perda de biodiversidade.


#EmpatePelaAmazônia
Durante as manifestações ocorridas entre junho e setembro de 2019, a SOS Amazônia participou e apoiou Movimento Empate pela Amazônia - em defesa das florestas, em parceria com o Comitê Chico Mendes e diversos movimentos da sociedade.

Os ataques às políticas ambientais do Brasil por parte de membros do parlamento e governo federal, indicam uma perda de floresta ainda maior em relação ao ano passado.

Se nada mudar, um novo estudo sobre a extinção em massa de espécies publicado na revista da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, indica: cerca de 500 espécies de vertebrados terrestres serão extintas apenas nas próximas duas décadas, elevando o número de perdas totais ao que ocorreria naturalmente em 16 mil anos.

Contato
Parcerias
corporativas
Imprensa
Parcerias corporativas
Nome
E-mail
Telefone
Mensagem
Imprensa
Nome
E-mail
Telefone
Mensagem
Apoiadores
Conselho Nacional das
Populações Tradicionais (CNS)
Comitê Chico Mendes
(articular para mobilização social)


A SOS Amazôonia tem como objetivo principal defender a causa extrativista e proteger a Floresta Amazônica, apoiando as populações tradicionais.

Além de campanhas de conscientização, a SOS Amazônia desenvolve projetos, propõe e implementa políticas públicas com foco na difusão de modelos e práticas para preservação e conservação da biodiversidade e do desenvolvimento sustentável, iniciativas que pautam, cotidianamente, o dever de cumprir a missão que é: "Promover a conservação da biodiversidade e o crescimento da consciência ambiental na Amazônia".


Sobre a SOS Amazônia